Páginas

27 janeiro 2018

[Evento] Ressaca Friends 2017



   Hey people. Sei que estou muitíssimo atrasada com esse post, o final de ano no meu trabalho me sugou todas as forças e para ajudar fiquei sem notebook para fazer o post (ainda estou sem, mas dei meus jeitos) e para completar quando o post estava todo pronto, o blogger simplesmente bugou e apagou tudo o que tinha escrito nele e tive que começar do 0. 

  O Ressaca Friends teve sua primeira edição em 2006 e atualmente é um dos maiores eventos (de cultura pop, de anime, nerd, ou como quiser chamar) do estado de SP. Também ficou bastante popular e até com um clima meio festivo por ser sempre o último evento do ano. Nesta última edição, o evento passou para uma nova empresa organizadora, o que resultou em mudanças radicais em seu formato e ambiente. O evento ocorreu nos dias 16 e 17 de Dezembro de 2017.

   O local:

  Antigamente o evento ocorria em um campos de universidade, várias atrações colocadas nas áreas abertas, como alguns stands de comida, mangás e o palco , usavam o anfiteatro para palestras e concursos e as salas para os fã-clubes e outros (por isso chamadas de salas temáticas) e o ginásio para as lojinhas. 
 
  Agora o evento ocorre em um pavilhão de eventos fechado, no caso deste foi no Ahembi. Apesar de parecer que o evento foi reduzido com o que era antes, eu apenas o vi como "filtrado". As coisas ficavam mais perto, diferente do antigo local onde ir do palco para uma sala era uma caminhada de Mordor. Houve muita reclamação do calor excessivo, os ar-condicionados não estava ligados ou funcionando bem, mas creio que isto tenha sido um problema do pavilhão e não da organização. Além do mais, o que é pior, passar calor num pavilhão fechado, ou no campus à céu aberto? Sem falar também que choveu no final do evento, e se fosse na universidade, isso significaria todo mundo junto e esmagado no prédio das salas feito sardinhas. 


   A única coisa que o pavilhão não favorece é na iluminação, isso zoa um pouco os fotógrafos e cosplayers no evento.  No caso dos cosplayers, haviam dois esttúdios, o Cos+Up e o Cosplay Brasil, para fotos em fundo infinito e iluminação controlada. Fora isso alguns conseguiram ir ao lado de fora fotografar num pequeno jardim e fonte, mas nem todos tinham conhecimento da área e quem não tinha credencial não podia deixar o evento.  Uma solução seria na próxima ver como deixar essa área acessível pra galera fotografar, talvez sinaliza-la. Ou simplesmente fazendo credenciais comuns ou as clássicas pulseirinhas para que os visitante possam sair e entrar no evento livremente. Outra solução seria conseguir stands próprios com cenários, não de um estúdio especifico, mas para que qualquer fotógrafo e cosplayer no evento pudesse usar, tipo de cidades, de salas de aula dentre outros, como já vi em alguns eventos no Japão.




  Os stands:

  O evento ganhou uma cara mais "gourmetizada" como outros eventos grandes atuais, perdendo o jeito de "evento de anime". Haviam muitos stands grandes e bem trabalhados, alguns de marcas famosas,  mas vários favoritos da galera não ficaram de fora, como o fâ-clube de Supernatural, de Tokusatsu, a PSParty e Dance Party, que também estavam muito bem estruturados. Os stands de lojas eram mais específicos, sem aquela quantidade de lojas genéricas com produtos importados com cara da Liberdade.



  A sala de imprensa era do lado de fora do evento, já que usou uma sala própria do pavilhão, mas tudo bem, uma sala  com ar-condicionado, wi-fi e refrescos para trabalhar valia a caminhada (que não era muita).


   Algo que me animou muito foi a volta da Comix Book Shop para o evento, já que há anos que não havia esse parceria. Aliás,. gostaria de deixar uma dica no ar, e lembrar que cosplayers gostam muito de eventos em que há vale-compras da Comix no prêmio do concurso cosplay, kof kof.



A área de campeonatos de games e a de gameplay estavam bem equipadas e organizadas, mas senti falta de alguns títulos populares da temporada como Injustice 2 e outros.



   Falando em falta, senti também do animekê, e isso contribuiu para algumas pessoas, como elas me disseram, acharem que "o Ressaca não tinha mais cara de Ressaca".  E também gostaria que tivesse mais stands de comidas japonesas, sendo o único presente um de Yakissoba. A praça possuiu vários stands de comida de nome, mas mesmo tendo alguns mais em conta, faltou variedades. E vou falar que senti falta dos crepezinhos  e outras "comidas de feira". (me julguem). Mas, o nosso velho Mupy dos otakus estava lá, e também, ineditamente, um stand de refrescos da Taverna Medieval (obviamente em versões não alcoólicas) em formato de poções.  



   A área do Artists Alley estava maravilhosa, dando espaço para muitos artistas venderem seus trabalhos, desde desenhos à livros e miniaturas artesanais. 



 


  Palco:  

(palco e auditório que ficavam um em frente ao outro)
   O palco tava lindão, bem equipado, grande, bem iluminado, e o melhor é que os concursos de cosplay foram ali mesmo, sem aquela história de jogarem num outro canto e chamar de "palco cosplay". O único problema foi que o auditório ficava em frente ao palco e o som dos shows e tudo mais invadia as palestras e meets lá dentro. 

 Alguns dos artistas convidados: a cantora Mai Hoshimura (conhecida por seus trabalhos em Bleach e D. Gray Man) e a banda Sugoi, conhecida por diversos covers, desde de aberturas nostálgicas de anime à rock e metal. Além destes, o evento também contou com a presença de Walter Jones (o eterno Ranger Preto), o dublador Wendell Bezerra, o elenco de dublagem do anime One Punch Man, os Youtubers Pritt e Lohgan do canal Japão Nosso de Cada Dia, entre outros.

   Outro desconforto foi também o acesso restrito à área do palco, nós e outros credenciados mal conseguíamos ir para a área destinada à imprensa para termos melhor espaço para fotos do palco. Essa parte ficou meio confusa. 


Cosplay:

   Já comentei que gostei do concurso no palco principal. Porém, tivemos alguns contratempos no decorrer do evento. 

   Para começar, o camarim cosplay ficava do outro lado do evento em relação ao palco. Além disso, era minúsculo e unissex, com área de espelhos em comum e apenas duas salinhas de 3M para quem fosse trocar de roupa. A organização foi leiga em relação a quantidade de cosplayers e tempo de preparo. 

  O guarda-volumes também foi complicado, às 13h os staffs alegavam que estava esgotado, mesmo com espaço nitidamente visível, volta e meia "davam um jeitinho" de abrirem mais vagas, depois de algumas pessoas já pagarem para usar o guarda-volumes convencional. 

  Nós (eu, o Marcos e minha irmã Thamara) levamos nossos cosplays para o evento, nos inscrevemos no concurso, mas como ele só ocorreria lá para as 16h, gostaríamos de guardar as quatro bolsas e cajado de 2 metros para não ficar circulando com tudo pelo evento. Mas o guarda-volumes era só para "cosplayers", mesmo eu mostrando que o cosplay estava lá e que estava inscrita no concurso. Houve também amigos que praticamente guardaram caixão o evento inteiro até a hora do concurso, por não serem permitidos guardarem as malas e também pela falta de praticidade em levar tudo para o outro lado do evento e depois buscar. 

  Antigamente (oía a véia) a Área Cosplay era ao lado, atrás ou o mais próximo do palco, isso facilitava a vida dos competidores que carregavam cosplays grandes e/ou cenários, mas também era acessível para quem não iria competir. Este ano a área atrás do palco foi totalmente restrita às bandas e grupos de K-Pop, salvo no sábado, onde os cosplayers da seletiva do CWM puderam se preparar. Uma área cosplay maior, mais próxima ao/e ou atrás do palco na próxima será maravilhoso.

  O concurso regular durante anos permaneceu com 1min de apresentação para cada cosplayer. Mesmo esta edição tendo menos categorias que as anteriores, o tempo permaneceu o mesmo. Atualmente a maioria dos evento possuem tempo minimo de 1m30s, o que fica bem difícil adaptar para 1m. Ampliar o tempo como sempre foi pedido durante anos na organização anterior seria uma boa também. 

Cosplay World Masters Brasil:

  Uma das grandes atrações do evento foi a seletiva do Cosplay World Masters Brasil (concurso do qual sou uma das finalistas). A seletiva contou com quinze competidores e selecionou os cinco melhores para a final nacional em Abril deste ano.

  Os finalistas foram:

1º lugar: Gabriel "Hyoga" Bras como Thanos (Vingadores Guerra Infinita)
2º lugar: Aline "Lady Blazon" Alonso como Kait Diaz (Gears of War 4)

3º lugar: Jaqueline "Jeyke" Fernandes como Riven Emissária da Luz (League of Legends)

4º lugar: Nathália Casalecchi como Widowmaker (Overwatch)

5º lugar: Bárbara Heeyzer como Sylvie Paula Paula (The King of Fighters)

Concurso Cosplay Regular:

Além da seletiva também tiveram as categorias Desfile no sábado e no domingo, e apresentação apenas no domingo.

Desfile Sábado:

1º lugar: Andressa Moraes como Rainha de Copas (Alice no País das Maravilhas)

2º lugar: Tamires "Mxiy" Guilhen como Mordred (Fate/Grand Order)

3º lugar:  Luiz "Robocop" Ferreira, Lanterna Verde (DC Comics)


Desfile Domingo:

1º lugar: Rafael de Sá como Rakan "League of Legends"

2º lugar: Johny "Samui San" Santiago como Yasuo Emissário da Escuridão (League of Legends)

3º lugar: Carolina "Alinorac" Nardin, Black Gold Saw (Black Rock Shooter)
Apresentação:

1º lugar: Johny "Samui San" Santiago como Yasuo Emissário da Escuridão (League of Legends)

2º lugar: Viviane "PhoenixLilly" Oliveira como Bela (A Bela e a Fera)

3º lugar: Anna Frizzo como Diana (League of Legends)


Galeria de cosplayers:




 























































Cosplay Showcase:
Video showcase mostrando alguns cosplayers do evento, não deixem de se inscrever no canal para receber diretamente no YT!



Saldo Geral:
   O evento ao nosso ver evoluiu muito. A organização foi inexperiente em certo ponto, mas para a primeira edição com a nova cara, o evento deu muito certo, e não faltou força de vontade e ouvidos para críticas e sugestões. Temos certeza que continuando neste caminho logo o evento se tornará cada vez maior.

Texto: Tarsila Thomé
Revisão: Marcos Maziviero
Fotografia: Tarsila Thomé, Marcos Maziviero e Cos+Up
Filmagem: Tarsila Thomé e Marcos Maziviero
Agradecimentos: Assessoria de imprensa da Maru Division

22 comentários:

  1. Adorei a análise sobre o evento!
    De fato o local do Ressaca deixou muito a desejar. por estar abafado e apertado. Mas creio que a organização não pensava que o público poderia ser tão grande (ou talvez o aluguel de uma parte maior do local fosse mais caro e eles não quiseram pagar XD) e acredito que agora que sabem,devem fazer o evento maior.
    O que realmente me frustrou foi na parte interna não haver um canto decente pra fotos. Mas por sorte alguns amigos fotógrafos que tinham credencial conseguiu levar eu e meu grupo pra parte externa que é linda e deu pra fazer fotos maravilhosas. Espero que no próximo evento liberem esse espaço (porque só tavam liberando pra fotógrafo que tinha credencial).
    Ah eu adorei o vídeo que você fez!
    E obrigada pela foto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na real pelo que foi dito no release, eles tiveram menos de 3 meses para preparar todo o evento. Provavelmente por demoras na parte burocrática da venda, imagino eu, pra mim eles fizeram um ótimo trabalho nesse tempo. Agora é esperar as melhorias.

      Obrigada flor <3
      Bites!

      Excluir
  2. Parece um evento mesmo enorme! Cá em Portugal também há alguns semelhantes, mas esse parece mesmo gigante!
    O nome é especialmente bom! E as fotos também!
    Parabéns :)

    http://me-myself-and-her.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor! Conheci uma cosplayer de Portugal uma época, mas não cheguei a perguntar sobre os eventos de la. Você costuma frequentar?

      Bites!

      Excluir
  3. Muito legal esse evento. Inclusive tenho uma amiga que é cosmaker caso você precise de indicação.
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  4. Eu costumo ir bastante a feiras em pavilhões e acho legal esse tipo de evento, achei bacana eles terem feito nesse formato.

    Na parte de organização em relação aos cosplayers, pelo que você disse, realmente foi mal organizado, eles deveriam se atentar mais a detalhes que você pontuou aí nos próximos eventos. Eu costumo trabalhar em eventos (como dançarina) e sempre tem esses imprevistos, mas a gente brinca que "No final dá tudo certo e todo mundo sai feliz! Hahaha!".

    Acho muito legal a dedicação de vocês que fazem cosplay! Admiro mesmo o trabalho. Fico babando em quem faz de personagens Disney (porque são os que eu conheço/amo), hahaha!

    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria bom eles se aconselharem com pessoas da area na hora do planejamento do stand, facilitaria. E pegar as dicas e as reclamações da galera.

      Bites!

      Excluir
  5. Nunca fui em eventos como estes, mas quero muita curiosidade por gostar bastante, aonde moro é raro ocorrer, infelizmente :/
    Parabéns pelo o post

    ResponderExcluir
  6. Essa é a primeira vez que vejo falarem desse evento, mas acho a ideia bem legal apesar de nunca ter ido a nenhum.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente você deve conhecer poucas pessoas desse circulo.

      Bites!

      Excluir
  7. Nossa, tenho muita vontade de ir em eventos assim. Parece que foi muito bacana. Aqui onde eu moro nem em sonho teria algo assim apesar de ter uma galera que curte muito. Ter um pessoal que é fã, reunido e vestindo seus personagens favoritos parece ser algo extraordinário. Quem sabe um dia não vou em um desses? Amei ver as fotos dos cosplayers!!!

    Beijooos

    O Mundo de Eulália

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tu consiga, se pá deve acontecer algum em alguma cidade por perto da sua.

      Bites!

      Excluir
  8. Eu nao sabia desse evento e apesar de não entender nada do assunto adoro demais todo esse mundo, sou dessas que quando ve alguem caracterizado pede para fotografar rs E pelo jeito o evento é grande com muita gente! Vou falar pro meu sobrinho que adora demais tudo isso :) quem sabe ele consegue ir esse ano.

    ResponderExcluir
  9. Caramba eu não sabia desse evento! Parece ser bem interessante para quem se interessa pelo mundo dos animes! Adorei as fotos 😀

    ResponderExcluir
  10. Que evento maneiro! Eu só fui em eventos assim uma vez quando era bem mais nova, e olha que era um evento pequeno e com pouquíssimos cosplays. Não vejo muitos eventos grandes e elaborados por aqui, mas tenho muita vontade de ir, principalmente para fazer meu primeiro cosplay. O que eu mais gosto de ver desses eventos são exatamente os cosplays, acho que se eu fosse para algum pediria para tirar foto com todos, hahaha. Esse do Thanos está realmente incrível!

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles evoluíram bastante, eu frequento a 11 anos, imagino como tenha sido o que você foi auhauahua o que eu mais gosto de fotografar são os cosplayers, as vezes até corro pra tirar fotos dos lugares no final quando percebo que tirei poucas auhauhuahau

      Bites!

      Excluir
  11. Gente, toda vez que venho ao seu blog descubro um evento novo hahaha.
    Uma pena essa desorganização em relação aos cosplayers, que na minha opinião de espectadora é uma das coisas que mais abrilhanta um evento desse.

    ResponderExcluir
  12. Gente suas postagens sobre eventos são tããããão completinhas <3 Eu já fiz umas coberturas pro blog, mas falava que era um evento de anime, que tinha as atrações x, y e z, mostrava umas fotinhos, falava se gostei ou não e acabou huieheiuheuie tu detalha todos os aspectos do evento e ainda dá um destaque mega merecido pros cosplayers <3 Esse evento é antigão hein, eu tinha vontade de ir <3

    ResponderExcluir