Páginas

23 fevereiro 2013

As Mulheres de Westeros

EDIT: estou reblogando o post porque, não sei como, consegui esquecer de uma personagem muito importante. 

 Mais um post sobre minha série favorita, As Crônicas de Gelo e Fogo de George R.R. Martin, que deu origem à série da HBO, Game of Thrones. Estou sempre pensando em postagens para fazer sobre essa série, a variedades é imensa, já que é uma das séries mais complexas e trabalhadas já criadas. Nesta postagem, irei homenagear as mulheres da saga.
  Algumas pessoas consideram a obra de Martin machista, porém, o que ele faz é retratar exatamente como as mulheres eram vistas antigamente, e muito pelo contrario, Martin sempre dá potencial ás suas personagens femininas, criando figuras e personalidades com as quais qualquer mulher pode se identificar, mulher guerreiras, cada uma à sua maneira, que batalham para viver e terem espaço neste mundo machista.

Sansa Stark

Filha de Lorde Eddard da Casa Stark e Senhra Catelyn da Casa Tully. Sansa é uma menina exemplo de como as boas damas devem ser, costês, delicada e atraente. Canta, borda e costura seus próprios vestidos e sonha com canções de bravos principes e cavaleiros e sonha ser uma princesa nos braços de seu herói. Depois do inicio da Guerra dos Cinco Reis, Sansa aprende a sobreviver no mundo de traições e perigos da corte com uma mascara de cortesia e educação.


Arya Stark

Também filha de Ned e Cat, Arya é totalmente o oposto de sua irmã mais velha, não possui tanta beleza (de acordo com a descrição do autor, gostos a parte), é relaxada e grossa, prefere treinar com arco e espada ao bordar e cantar. Quando seu pai as leva à Porto Real, arruma um espadachim para treinar secretamente Arya após descobrir a espada que seu filho bastardado havia dado á ela. Ao desencadear a Guerra dos Cinco Reis, Arya escapa da cidade e sai viajando pelo reino tento voltar para seu lar, lutando e sobrevivendo do modo que seu pai e seu professor a ensinaram e sempre lembrando o simbolo de sua casa, o Lobo Gigante, um animal feroz.

Catelyn Stark-Tully

Filha do velho Hoster Tully, Cat fora prometida à Brandon Stark que morrera durante a Rebelião de Robert, casando-se com seu irmão mais novo Ned, do qual gerou cinco amados filhos. Vindas das terras fluviais do Sul, sente-se quase uma estranha no Norte, por ter fé em Deuses e ter costumes diferentes. É uma mulher conservadora como o lema de sua casa "Família, Dever, Honra", e pode arriscar até a própria vida para ver seus filhos em segurança como uma boa mãe faz.

Cersei Lannister

Um dos "vilões" da história. Filha de Tywin Lannister e gemea de Jaime. Cersei é casada com Robert Baratheon e é Rainha de Westeros. Torna-se Rainha regente após a morte de seu marido, quando seu filho primogênito porém rapaz, Joffrey assume o trono. Sua família é conhecida por sua ganancia e há rumores de conspirações e papéis nas mortes para tomarem o trono. Cersei quer o poder, e tenta lugar por seu lugar mesmo sendo mulher, querendo provar que é filha de um dos maiores homens da história, também querendo deixar sua marca. Assim como o estandarte de sua casa, o Leão, Cersei se considera uma leoa poderosa que nada deve temer e tem um temperamento forte, usa sua feminilidade como arma e é sem dúvida a maior feminista da saga. Possui três filhos e como uma boa leoa e mãe, faz de tudo para protege-los.

Daenenrys Targaryen

Dany é o ultimo membro vivo da Casa Targaryen, a antiga família real que se apoderou do trono séculos antes por possuirem Dragões. Depois da Rebelião que matou seu pai, o Rei Aerys II conhecido como Rei Louco, ela e seu irmão foram levados e refugiados no outro lado do Mar Estreito. Dany cresceu ouvindo histórias de seu reino por direito de seu irmão Viserys, o qual temia e questionava. Para voltarem para casa, seu irmão a vende a um linder de exercito de guerreiros Dothraki em troca de um exercito, o mais poderoso, Khal Drogo. Dany conhece seu sangue de dragão e luta para sobreviver, assim acaba virando o jogo, transformando-se numa grandiosa rainha selvagem e tornando Drogo por um amado esposo, o qual lhe promete presentear seu filho com trono do pai de sua mãe. É uma garota de beleza anormal e apesar da aparência delicada sabe lutar, não com armas, mas sim com palavras, e dragões.

Margaery Tyrell

Membro da Casa Tyrell, os protetores da Campina, parte mais populosa, bela e produtora de Westeros, os Tyrell são considerados a casa mais vaidosa, o que também não os deixam menos poderosos e (se precisarem) perigosos. Margaery é prometida de Renly Baratheon ao inicio da Guerra dos Cinco Reis, irmão mais novo do rei Robert que reclama o trono. É uma garota no auge da juventude, com um forte desejo de ser Rainha.

Brienne Tarh

Também conhecida como Donzela de Tarh ou (rudemente) Brienne, a Beleza. É considerada por praticamente todos que a conhecem, a mulher mais feia do reino, corpo absurdamente musculoso, rosto feito, dentes tortos e aparência deveras masculina. Filha única de Lorde Tarh e herdeira de Entardecer. Tem o sonho de ser aceita como um cavaleiro e luta por esse valor. Apesar de sua feiura, possui olhos lindos, que se mostram precisos em combate, além de se descobrir ser excepciona nestes também. É teimosa, rude e crítica, mas também leal e determinada. Sobre muitos preconceitos, mas apesar de tudo nunca desiste de sua causa. É apaixonada por Rei Renly, o qual serve como guarda-costa na sua Guarda Arco-Íris pelo fato de ser o único homem a trata-la com sincero respeito e naturalidade.

Asha ou Yara Greyjoy



Filha de Balon Greyjoy, tornou-se seu "filho" após a morte dos dois irmãos mais velhos e sequestro de Theon, tornando-se herdeira das Ilhas de Ferro. Como todo guerreiro nascido no Ferro, acha é uma ótima lutadora, dura, destemida, mal-educada, sarcastica, além de não ser nenhuma donzela, afirma ter tocado tantos homens comas as mãos quanto com lâminas, não se prende e agora viver aventuras.


=======
Adoro muito cada personalidade da série, entre estas, as minhas preferidas são a Brienne, a Yara e a Arya, por serem realmente corajosas para empunharem espadas e vestirem cota de malha. (Também acho que estas duas se dariam muito bem juntas, tanto discutindo, brigando como se identificando). Cersei apesar de ser bem detestável, quando se começa a ver seu ponto de vista, apesar de não concordar com as atitudes dela, sua causa é até compeensivel, adoro seu feminismo.
Bom, esta aí, espero que gostem, tentei não transparecer muito detalhes, e mostrar cada personagem distinta, a série as representa muito bem, apesar ser muito mais legal nos livros. (sempre)

Nenhum comentário:

Postar um comentário