Páginas

15 março 2011

O Esquilo, o Banho e o Gambá

Era uma vez um esquilo mal cheiroso e vagabundo que nunca tinha tomado banho.
Sempre pensava em fazer, mas sempre adiava, "Mais tarde eu tomo", "Ah, hoje tá frio, talvez amanhã', "Ah, acabou ficando muito tarde".
Um dia um gamba, seu amigo, ficou puto com a preguiça do amigo e lançou nele o seu 'perfume', para força-lo a tomar banho.
Quando esquilo entrou na agua, uma piranha modeu sua calda, ele pisou em um espinho, foi arrastado para uma parte funda do lago e o cheiro do seu sangue atraiu mais piranhas.
Depois de sair da água, ainda fedido e todo mordido, o gamba lembrou que o cheiro só saia com extrato de tomate e ajudou o esquilo a se limpar.
Depois disso, o esquilo começou a tomar banho de extrato de tomate.

Moral: Sempre que você resolve fazer um coisa que vive adiando, dá merda.

Por Tarsilius Thomenus Ramunis

Um comentário:

  1. tocante...desisti da ideia de banhar so aos sabados
    kkkkkkkkk
    zuera

    ResponderExcluir